Quase nunca temos consciência de estar sendo abusadas. TUDO é colocado em dúvida, tudo é questionado, tudo vira discussão, é desesperador. Nos perdemos completamente do que é certo ou errado, bem ou mal, verdadeiro ou falso…Tudo se discute e os nossos pontos de vista são sempre menosprezados. A vítima vai simplesmente se fechando, se isolando, porque a mente vira um nevoeiro confuso e turvo, e fica muito difícil de acreditarmos que não somos a errada. Lembro que ele colocava em dúvida tudo que eu falava, o meu estado de espírito, meus sentimentos, o que eu gostava de fazer…TUDO vira dúvida. E eu tentava expor o meu lado, mas ele dizia que eu estava errada, SEMPRE! Acabei acreditando nele, dizendo AMÉM para tudo. Acreditando que eu não gostava de sair, acreditando que eu não estava à altura dele, acreditando que o que eu opinava era ridículo. E enfim, para não me decepcionar ainda mais, eu me calava, e ele passou a sair para baladas sozinho, com meu consentimento…Eu simplesmente parei de opinar, parei de sair, parei de responder, parei de me expressar. Fiquei completamente anulada como pessoa, ele tinha controle total e ABSOLUTO sobre mim. Eu estava esgotada, fiquei sem forças, sem energia, todo dia preocupada em não decepcioná-lo. Quando eu já não conseguia aguentar, porque ele me insultava, me depreciava, me humilhava tanto, tive crises de ansiedade e graves problemas psicológicos, que cheguei a pensar: “Tomara que ele me dê uma pancada, assim vão fazê-lo se afastar de mim.” Isso desgasta a autoestima e a confiança da pessoa a tal ponto, que nos transformam em um punhado de dúvidas e medos. Bate um desespero tão grande, mas tão grande, que jamais saberei como explicar. É simplesmente indescritível. Depois que entendemos o que significa “abuso psicológico”, ainda passamos pelo medo de estar sendo injusta, e ficamos com vergonha da exposição… É um acúmulo de sentimentos muito difícil de superar. Mas com terapia, paciência e muita força de vontade é possível se libertar.
Susete Pasa

1 comentário em “Consciência”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.