Avaliação:
4/5

O que você faria se no momento mais difícil da sua vida, você recebesse uma carta de sua mãe que morreu quando você tinha apenas seis anos? Pelo menos foi o que a pessoa que você mais confia neste mundo lhe contou, e você nunca teve motivos para duvidar da sua palavra…É assim que começa esta história, narrada em primeira pessoa, pelos personagens, proporcionando vários pontos de vista e uma leitura fácil, rápida e dinâmica, como a Nora sempre faz.

Kelsey Byden é uma linda mulher de 26 anos, filha Philip Byden, um professor acadêmico, diretor da Faculdade de Língua Inglesa da Universidade de Georgetown. Ela é muito inteligente, fez vários cursos universitários e trabalhou em diversas áreas, porém, não encontrou nenhuma que realmente lhe realizasse profissionalmente, e infelizmente, nem seu casamento deu certo. Foi no momento que Kelsey recebeu os papeis da finalização do seu divórcio que se depara com uma carta escrita por sua mãe, e sente que foi traída mais uma vez, só que agora pelo seu pai.

Nesta jornada ela vai descobrir que nem tudo na vida é fácil, e nem todas as respostas serão agradáveis. Kelsey resolve conhecer sua mãe Naome Chadwick, e descobrir se ela é realmente uma assina fria condenada, ou uma mulher injustiçada. Ela aceita o convite para passar um mês na fazenda Three Willows, em Virginia, como sua mãe lhe pediu. As intrigas já começam com esta decisão dela, pois a mãe de seu pai nunca aceitou a sua mãe. Ela não concorda que Kelsey vá ficar com a Naome, gerando assim uma discórdia na família.

A história fica realmente emocionante quando alguns fatos do passado começam a se repetir no presente, incluindo um assassinato. Aí você se vê presa no livro e doida pra desvendar os crimes e mistérios. A vida de Naomi são os cavalos, as corridas, a fazenda. Kelsey não conhecia nada daquilo, mas foi inserida no meio e completamente conquistada. A paixão da mãe, segue com a filha, que se vê totalmente imersa naquele universo. Foi ali que Kelsey pareceu encontrar o que realmente gosta de fazer, seu verdadeiro entusiasmo. Com o novo estilo de vida vieram novos contatos. Um deles a tirou do sério assim que colocaram os olhos um no outro. Gabe. Ele é vizinho de Naomi, também dono de uma fazenda, do mesmo ramo da mãe. Mas apesar das disputas, eles são muito amigos. Gabe é bonito, charmoso, conquistador, e esse jeito dele repeliu Kelsey. Mas todo mundo sabe que essa implicância geralmente esconde uma atração. Temos vários personagens secundários que são fundamentais para o acontecimento desta história, como o pai do Gabe, e você deve prestar atenção em todos eles.

Kelsey começa cuidando dos cavalos, aprendendo a treiná-los, as participações nas corridas, as emoções das apostas, o lado glamoroso deste universo e o lado de trabalho e suor. Seu relacionamento com sua mãe, sua família paterna, e principalmente seu envolvimento com o Gabe, fará com que ela finalmente encontre seu verdadeiro eu, e sua paixão profissional, descobrirá que tudo na vida requer um longo caminho, e as decisões a se tomar nem sempre serão fáceis.

A história é ampla, cheia de vertentes. Não pude explicar tudo, tem muita coisa acontecendo. Temos o relacionamento entre mãe e filha há muito separadas; o envolvimento de Kelsey com Gabe, cheio de farpas até chegar ao nível de fofura; o suspense envolvendo as competições; a atitude negativa da avó de Kelsey perante sua atitude, e muito mais…Kelsey é realmente uma personagem completa, real. Os cavalos e as corridas são meio que protagonistas. Aliás, adorei viver na fazenda durante o período de leitura. Passei a gostar mais de cavalos, de toda a preparação, a tensão… é muito legal saber mais sobre a competição.

Super recomendo!

⭐️⭐️⭐️⭐️

Susete Pasa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *